3 Benefícios do whey protein

treino para perder peso
Treino para perder peso: como planejar uma rotina de exercícios?
12 de fevereiro de 2019
Para que serve o cloreto de magnésio e quando ele é indicado? Entenda
19 de fevereiro de 2019

3 Benefícios do whey protein

Benefícios do whey

O Whey protein é um suplemento proteico normalmente feito a base da proteína extraída do soro do leite.

São necessários dois mil litros de leite para conseguir retirar um quilo de soro do leite de boa qualidade.

O Whey Protein também possui aminoácidos como: leucina, isoleucina e valina (BCAA), glutamina e arginina.

Este suplemento é utilizado para o ganho de massa muscular. Isto porque suas proteínas de alto valor biológico contribuem para a reparação do músculo, que sofre microlesões durante a prática de exercícios.

Com a ajuda da proteína do Whey Protein a fibra muscular é reparada e fica maior e mais forte.

Além disso, estudos apontam que este suplemento proporciona benefícios para os portadores de HIV e pessoas com asma.

Outras pesquisas demonstraram que o Whey Protein ajuda a diminuir o colesterol ruim, LDL, controlar os níveis de glicose no sangue e a pressão arterial.

 

Como Tomar?

1 – Ao acordar

Outro horário muito indicado para se tomar a Whey Protein, é quando acordamos, já que passamos um grande período sem se alimentar, e o catabolismo é certo, então nada melhor do que a Whey Protein e sua rápida absorção.

2 – Em substituição aos lanches

É muito comum tomar a whey protein nos lanches durante o dia. Pois é uma alternativa rápida e que não demanda tempo para se preparar, além de ser uma ótima opção se você não sente muita fome.

3 – Depois do treino

Então seja simples na hora de preparar o seu shake pós treino: Misture dentro dele com 200 ml de água ou leite, 30 a 40 gr de Whey Protein.

Caso esteja tomando outro suplemento, como a creatina por exemplo, misture nesse shake.

 

Benefícios do Whey Protein

1. Ajuda a ganhar massa muscular:

Segundo a literatura cientifica, o whey é uma magnífica fonte de proteínas, pois apresenta um perfil de aminoácidos que a torna a melhor proteína disponível quando o assunto é hipertrofia.

Diversos estudos já comprovaram que o Whey Protein contribui para o aumento de massa muscular.

Isto ocorre porque ele possui proteínas de alto valor biológico, composta por boa quantidade de BCAA’s (aminoácidos de cadeia ramificada) que ajudam a reparar os músculos que sofreram microlesões devido à prática de exercícios, tornando-os maiores e mais fortes.

Além disto, na falta de carboidratos, esses aminoácidos são a primeira fonte de energia muscular.

Pois são os únicos que podem ser convertidos, dentro do próprio músculo, na principal fonte de energia, o carboidrato.

Entre os BCAA’s, o de maior importância é a leucina, principal responsável pelo aumento do tamanho do músculo.

É importante destacar que o suplemento só será um aliado no ganho de massa muscular se a pessoa praticar atividades físicas e manter uma alimentação balanceada.

2. Whey protein promove saciedade

Estudos recentes têm demonstrado um efeito na saciedade. Comparado a outros suplementos, o whey mostrou-se mais eficaz quando utilizado como componente de lanches.

É claro que esse efeito irá depender da composição dos laches oferecidos e sua combinação com outros nutrientes como os carboidratos.

Contudo, a ingestão 1h30 antes de uma refeição é capaz de promover redução significativa do apetite e da ingestão energética.

Isso se explica, pois, os níveis sanguíneos de colecistoquinina e do peptídeo similar ao glucagon (GLP-1) ficam aumentados após essas refeições.

Essas substâncias são hormônios gastrointestinais moduladores do apetite.

Quando estão em quantidades maiores, são capazes de ativar a via de sinalização da saciedade e bloquear a fome.

3. Melhora do sistema imunológico

Estudos observaram outros efeitos biológicos, como aumento da resposta imune.

Um dos principais nutrientes que auxiliam na imunidade são as imunoglobulinas presente no soro do leite, tornando-o ótimo agente microbiano.

Outra razão para esse efeito é a maior produção de glutationa pelo organismo em resposta ao consumo do suplemento.

Essa proteína funciona como antioxidante, combatendo os radicais livres.

Portanto, todo o corpo é afetado, em especial o sistema imunológico, mas também o nervoso e o gastrointestinal.

Com o passar dos anos ou em caso de doenças agudas, os níveis de glutationa podem estar reduzidos.

Consumir proteínas de boa qualidade pode aumentar sua produção.

Nos casos de indivíduos que não tenham uma adequada ingestão alimentar, o Whey Protein pode ser uma ótima saída quando aliada ao consumo de boas fontes de outros antioxidantes, como as frutas e hortaliças.

 

Benefícios do Whey Protein em estudo

Melhora a asma:

O Whey Protein pode ser benéfico para pessoas com asma porque melhora a imunidade.

Um estudo publicado pelo Internacional Journal of Food Sciences and Nutrition concluiu que o Whey Protein ajuda na resposta da citocina que irá agir no mecanismo de liberação da imunoglobina.

E que é um dos agentes de defesa liberados durante uma crise de asma.

No entanto, outro estudo conduzido em 2012 por pesquisadores da Universidade do Arizona mesmo identificando esse efeito protetor não recomenda seu consumo para esta finalidade.

Bom para portadores de HIV:

O Whey Protein pode ser um bom suplemento para pessoas portadoras do vírus HIV porque ajuda na preservação da massa magra.

Contendo aminoácidos imunomodulares, como por exemplo, a glutamina, que fortalece o sistema imunológico. É importante conversar com o médico antes do consumo do suplemento.

Controla a pressão arterial:

Uma pesquisa realizada pela Washintong State University com 71 homens e mulheres descobriu que o consumo de Whey Protein ajuda a controlar a pressão arterial.

O possível mecanismo é a supressora da angiotensina. Uma pesquisa realizada pela Universidade Médica de Bialystok (Polônia) também confirmou essa colocação.

Contudo, ainda são necessárias mais pesquisas para concluir se o suplemento realmente é capaz de reduzir o problema.

Controla a glicose:

Uma pesquisa publicada no The British Journal of Nutrition observou que o consumo de Whey Protein ajuda a controlar os níveis de glicose em pessoas com sobrepeso ou obesidade.

Um estudo mais recente, conduzido em 2016 e publicado na revista Nutrients confirmou essa relação.

Porém, mais estudos ainda são necessários para comprovar este benefício.

 

benefícios do whey protein

Tomando whey protein

Como consumir

No caso de pessoas que praticam atividades físicas, o Whey Protein deve ser ingerido após os treinos. Não é necessário consumi-lo em dias que não irá treinar.

O Whey Protein não deve substituir uma refeição principal, em alguns casos ele até pode ser consumido no lugar de um lanche, mas é bom que tenha a adição de fibras, como linhaça e chia.

No entanto, essa adição de fibras não é indicada para quem buscar hipertrofia muscular.

O Whey Protein pode ser ingerido com água,sucos e vitaminas, fontes de carboidrato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loja Virtual